AVISO IMPORTANTE

"As informações fornecidas são baseadas em artigos científicos publicados. Os resumos das doenças são criados por especialistas e submetidos a um processo de avaliação científica. Estes textos gerais podem não se aplicar a casos específicos, devido à grande variabilidade de expressão da doença. Algumas das informações podem parecer chocantes. É fundamental verificar se a informação fornecida é relevante ou não para um caso em concreto.

"A informação no Blog Estudandoraras é atualizada regularmente. Pode acontecer que novas descobertas feitas entre atualizações não apareçam ainda no resumo da doença. A data da última atualização é sempre indicada. Os profissionais são sempre incentivados a consultar as publicações mais recentes antes de tomarem alguma decisão baseada na informação fornecida.

"O Blog estudandoraras não pode ser responsabilizada pelo uso nocivo, incompleto ou errado da informação encontrada na base de dados da Orphanet.

O blog estudandoraras tem como objetivo disponibilizar informação a profissionais de cuidados de saúde, doentes e seus familiares, de forma a contribuir para o melhoramento do diagnóstico, cuidados e tratamento de doenças.

A informação no blog Estudandoraras não está destinada a substituir os cuidados de saúde prestados por profissionais.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Fenômeno de Raynaud

Doença de Raynaud (Reinô) é uma condição que afeta o fluxo sanguíneo nas extremidades do corpo humano — mãos e pés, assim como os dedos destes, nariz, lóbulos das orelhas — quando submetidos a uma mudança de temperatura inferior ou estresse. Foi nomeada por Maurice Raynaud (1843-1881): médico francês que descreveu tal enfermidade pela primeira vez em 1862.

Quando paciente da doença de Raynaud expõem as extremidades do corpo à baixas temperaturas, o suprimento de oxigênio se reduz, e torna a coloração da pele branca, empalidecida, além de fria e às vezes dormente. Quando o oxigênio é totalmente consumido pelas células, esgota-se, então a pele começa a adquirir uma coloração azulada ou roxa (chamada cianose). Estes eventos são episódicos -- com duração variando para cada pessoa de acordo com a gravidade da doença --, sendo que ao terminar o episódio a área é aquecida, retornando o fluxo de sangue por vasodilatação e rubor novamente a pele, às vezes apresentando formigamento e inchaço.[editar]Sintomas

Na variação mais comum da doença de Raynaud há três mudanças de cores presentes (branco ou empalidecido; azul, roxo ou cianose; e avermelhado ou rubor). Apesar de alguns paciente não apresentarem todas as fases de mudanças de cores.

[editar]Doença versus Fenômeno

É importante distinguir a doença de Raynaud do fenômeno de Raynaud.

A doença de Raynaud (ou Raynaud primário) é diagnosticado quando os ocorrem sozinhos, não associado a outras doenças. Frequente em garotas de 13 a 19 anos de idade e mulheres jovens adultas. Esta forma de Raynaud é hereditária.

O fenômeno de Raynaud (ou Raynaud secundário) ocorre subseqüentemente a um grande grupo de doenças, principalmente aquelas ligadas à desordens do tecido humano, como artrite, esclerodermia, entre muitas outras. No entanto, esta forma de Raynaud pode progredir para necrose e gangrena dos dedos.

A diferenciação das duas formas de Raynaud faz-se observando por sinais de artrites ou vasculites e exigindo testes de laboratório.

Segundo o cirurgião vascular do Hospital das Clínicas de São Paulo Celso Ricardo Bregalda Neves, a síndrome de Raynaud atinge até 3% da população mundial. Deste total, 80% são mulheres. Relata que a maioria dos casos ocorre na faixa etária entre 15 e 25 anos, para a doença, e acima dos 35 anos para o fenômeno.[1]

[editar]Prevenção

Pacientes com a doença de Raynaud são aconselhados: a manter a área afetada aquecida (com luvas e meias); devem evitar tocar em objetos frios e ambientes com baixa temperatura; situações estressantes; substâncias que provocam a vasoconstrição, como a nicotina (do cigarro) ou a cafeína (do café, chá, etc.); e também fármacos que promovem a vasoconstrição, como descongestionantes nasais ou aqueles que contenham beta-bloqueadores.

14 comentários:

apecanha@terra.com disse...

gostaria de saber se ja tem estudos sobre a cura da sindrome de renault e me ofereço para ser cobaia de estudo para cura.
resposta para.apecanha@terra.com

Fênix disse...

gostaria de saber se ja temos algum avaço nas pesquisas sobre a possivel cura para o fenomeno de Raynaud tenho sofrido uma barbaridade com essa maldita doença por favor me mantenham informada
obrigada

anjos.suzana@hotmail.com

Anônimo disse...

eu tenho a doença de raynaud,existe algum tipo de remedio para paralizar a doença?essa doença pode levar o paciente ao obto??

Anônimo disse...

essa doença de raynaud tem cura??qual o medicamento usado pra melhorar a vida do paciente?

Anônimo disse...

gostaria de saber se existe cura para essa doença raynaud?como posso fazer para uma vida melhor sendo portadora dessa doença?essa doença pode levar ao obto??existe algum medicamento??resposta para ornela.c@hotmail.com

Anônimo disse...

meu filho talvez vem apresentando os sintomas da doença de raynaud, gostaria de saber qual o tipo de tratamento e os reme´dios administrados

Anônimo disse...

Já sofro com essa doença á algum tempo, só que eu não imaginava que poderia ser uma doença,pensava que meu organismo não se dava bem com baixas temperaturas,junto com esse sintomas vem uma dor de cabeça terrivel,no inverno quase não posso sair de casa passo muito ml como posso conseguir fazer um tratamento no hospital das clinicas com um especialista?sandrartalmeida@yahoo.com.br

Anônimo disse...

também sofro com essa doença, e queria achar uma solução ou medicamento que pelo menos amenizasse a dor!
ja passei por duas cirurgia,e nenhuma dessas obtive sucesso! meu dedo ainda continua doendo muito na estação outono/inverno e até sofrendo algumas deformações.

Anônimo disse...

como cura essa doeça de Reno ?

alguem poderia me responder isso ?

Fico Grata ;D

Anônimo disse...

minha mae estar com essa cindrome de reno . o que ela deve fazer ou tomar que remedio ? eu preciso sabe disso ..
fico muito grata . obrigada '
kamila_romero@hotmail.com

Anônimo disse...

CADÊ AS RESPOSTAS? TODOS TEMOS O MESMO PROBLEMA, POREM NESTE SITE SO CONSEGUI VISUALIZAR AS PERGUmTAS.
POR FVR PRECISO VISUALIZAR AS RESPOSTAS.
mariaemaria@pop.com.br

ESTUDO DE DOENÇAS RARAS disse...

O blog encaminha os comentariso quando existe entidade constituida para dar as respostas diretamente a quem consultou , nao fazemos divulgação de diagnosticos , conselhos ou qualquer tipo de orientação somente os medicos podem fazer isso , alguns casos nao tem entidade de pacientes , assim passamos para algum de nossos voluntarios que se prontificam a pesquisar e responder , mas muitas perguntas realmente ficaram sem resposta ainda , este é um problema grande no tema de doenças raras

Anônimo disse...

SOCORRO TAMBÉM SOFRO COM ESSA MALDITA DOENÇA SEM CHANCE DE CURA.SIM PORQUE MEU MEDICO JÁ TIROU MEDICAMENTOS E DIZ NÃO ADIANTAR TOMAR.SINTO FORTES DORES DE CABEÇA,NERVISISMO,FORMIGAMENTO E JÁ NÃO DURMO HÁ PELO MENOS 2 ANOS ADORMECE CADA PARTE DO CORPO QUE ENCOSTA EM ALGUM LUGAR POR ALGUNS MINUTOS TO COM MUITAS VARIZES E CAIMBRAS TERRIVEIS.SURDA DE UM OUVIDO E AGORA JÁ NÃO TENHO MAIS CERTEZA SE MEU CEREBRO ANDA BEM.JÁ QUE DEPOIS DE VÁRIOS EPISÓDIOS DE VERTIGENS NÃO TENHO MAIS CONTROLE DAS MINHAS AÇOES ME AJUDE POR FAVOR.

jaques disse...

doença de renault. de vez em quando esse fenômeno acontece comigo.meus dedos ficam com as pontas brancas e dormente,formigando e gelados, melhora quando coloco em agua morna.tbém é bom tomar carbo vegetabilis ch=7. 5 gtas 3 x ao dia.essa homeopatia funciona muito bem para limpeza interna do organismo. tomar um comp. de gincobiloba 80mg a noite reativa a memória e evita a labirintite.esses remedios são alternativos e funcionam muito bem. os efeitos é a médio e longo prazo.jjb.transtur@ig.com.br. boa noite