AVISO IMPORTANTE

"As informações fornecidas são baseadas em artigos científicos publicados. Os resumos das doenças são criados por especialistas e submetidos a um processo de avaliação científica. Estes textos gerais podem não se aplicar a casos específicos, devido à grande variabilidade de expressão da doença. Algumas das informações podem parecer chocantes. É fundamental verificar se a informação fornecida é relevante ou não para um caso em concreto.

"A informação no Blog Estudandoraras é atualizada regularmente. Pode acontecer que novas descobertas feitas entre atualizações não apareçam ainda no resumo da doença. A data da última atualização é sempre indicada. Os profissionais são sempre incentivados a consultar as publicações mais recentes antes de tomarem alguma decisão baseada na informação fornecida.

"O Blog estudandoraras não pode ser responsabilizada pelo uso nocivo, incompleto ou errado da informação encontrada na base de dados da Orphanet.

O blog estudandoraras tem como objetivo disponibilizar informação a profissionais de cuidados de saúde, doentes e seus familiares, de forma a contribuir para o melhoramento do diagnóstico, cuidados e tratamento de doenças.

A informação no blog Estudandoraras não está destinada a substituir os cuidados de saúde prestados por profissionais.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Síndrome de Hiper IgE

A síndrome de hiper IgE é caracterizada pelo alto nível de IgE em soro, dermatite crônica e infecções reincidentes. A Sindrome de hiper IgE surge porque há uma super produção de IgE devido a um população diferenciada de células B terminais, não mais sensíveis a sinais regulatórios.

4 comentários:

Gina Harla disse...

Porto a síndrome de Job Buckley, e gostaria de saber se já se tem alguma informação de pessoas com esta sindrome e a Gripe h1n1?

tcunegato disse...

Olá a todos
Também tenho a sindrome de Hiper IGE / Job Buckley. Tenho entre 17.000 e 25.000 de IgE.
Frequentemente meu rosto fica vermelho e inchado. Sempre está descascando.
Esses sintomas surgiram após 25 anos de idade.
venho tentanto tratar, sem sucesso pois os médicos que me atenderam não tem muito conhecimento!
Se alguem puder deixar depoimento ou contato!
Moro em Santa Catarina!
Abraços!

Anônimo disse...

Olá tcunegato...se possível peça para seus médicos entrarem em contato com a UNIFESP,universidade federal de sp, onde existe um centro bem especializado que acompanha esses tipos de imunodeficiências. Entrar em contato com disciplina de alergia e imunologia pediátricas. Boa sorte, CN.

Anônimo disse...

Olá esse comentario foi em 2009. espero que vc esteja melhor, no entanto se precisar e ainda passar por aqui o meu filho tem desde bebe, o máximo que cheogu foi em 5.000 hj está nornalizado ewm 300 .. graças ao tratamento continuo com o Dr Celso Tadeu Menezes. tel consultorio 48 3437 4588 em Criciuma sc...